Jornal Agora | Aumento da passagem da lancha poderá não ter valid ...
 
fechar
fechar

Seu voto foi registrado. Agradecemos sua participação.

Seu voto já foi computado nas últimas 24 horas.

Resultado parcial

Atenção: o resultado desta enquete não tem valor de amostragem científica e se refere apenas a um grupo de
                 leitores do Agora Online.
Redes sociais
voltar

TRANSPORTE

- 17-03-2017 - 17h25min
fechar
enviar Máximo 500 caracteres
* Ao enviar qualquer comentário, o usuário declara-se ciente e aceita integralmente o termo de uso
fechar

Comunicar erro

Se você encontrou alguma informação que esteja errada, utilize este espaço para reportar erros.

enviar Máximo 500 caracteres
fechar

Envie esta notícia para um amigo

» Adicionar mais um destinatário

enviar Máximo 500 caracteres

Aumento da passagem da lancha poderá não ter validade

fechar

Galeria de vídeo

fechar

Galeria de áudios

O diretor-presidente da Agergs, Alcebíades Santini, informou que houve um conflito no que diz respeito a quem deve regular o transporte entre os municípios. O processo está no judiciário, que deve se pronunciar no próximo dia 23. Se confirmada a decisão inicial de que a competência é da Agergs, o aumento anunciado nas lanchas não terá validade.

O deputado estadual Adilson Troca e o vereador Matheus Jabor (PP), de São José do Norte, estiveram reunidos na Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do RS (Agergs), na quinta-feira, em Porto Alegre, para tratar da travessia Rio Grande/São José do Norte. O comunicado do aumento no valor da passagem para R$ 3,20 tem preocupado a comunidade. Existe um impasse entre a agência e a Antaq, sobre quem deve regular os serviços.

Troca relatou que muitas pessoas entraram em contato com seu gabinete, preocupadas com os cartazes afixados nas lanchas, comunicando o aumento a partir do dia 29 de março. “Entendemos que não tenha havido reajuste de valores há alguns anos, mas esse aumento é abusivo. Estamos trabalhando para garantir os interesses da comunidade”, ressaltou Troca.

O vereador Matheus Jabor afirmou que continuará acompanhando o assunto de perto. Ele acrescentou que a agenda junto à Agergs foi muito positiva.

Ainda conforme Alcebíades Santini, deverá ocorrer reunião da Agergs junto à Casa Civil do Governo Federal e também outra em conjunto com Metroplan, SPH e PGE para tratar da travessia entre SJN e Rio Grande.


comente Comentários(1)

Participe


Sua opinião Agora

Você acha que os mandatos dos vereadores Batatinha e João da Barra devem ser cassados?

resultado votar
Veja mais

Plantão



Comparte Jornal Agora - Todos os direitos reservados