Jornal Agora | Aumento da produtividade deve elevar em 15,3% colh ...
 
fechar
fechar

Seu voto foi registrado. Agradecemos sua participação.

Seu voto já foi computado nas últimas 24 horas.

Resultado parcial

Atenção: o resultado desta enquete não tem valor de amostragem científica e se refere apenas a um grupo de
                 leitores do Agora Online.
Redes sociais
voltar

AGRICULTURA

- 10-01-2017 - 21h19min
fechar
enviar Máximo 500 caracteres
* Ao enviar qualquer comentário, o usuário declara-se ciente e aceita integralmente o termo de uso
fechar

Comunicar erro

Se você encontrou alguma informação que esteja errada, utilize este espaço para reportar erros.

enviar Máximo 500 caracteres
fechar

Envie esta notícia para um amigo

» Adicionar mais um destinatário

enviar Máximo 500 caracteres

Aumento da produtividade deve elevar em 15,3% colheita de grãos na próxima safra

Estimativa da Conab é de uma colheita de 215,3 milhões de toneladas de grãos; em 2015/2016 a produção foi de 186,7 milhões de toneladas
fechar

Galeria de vídeo

fechar

Galeria de áudios

fechar
Foto: Arquivo EBC

Estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) é de uma colheita de 215,3 milhões de toneladas de grãos

Arquivo EBC

Aumento da produtividade deve elevar em 15,3% colheita de grãos na próxima safra

Estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) é de uma colheita de 215,3 milhões de toneladas de grãos

O aumento da produtividade média das culturas, em recuperação às condições climáticas desfavoráveis da safra passada, deve elevar em 15,3% a produção de grãos no Brasil na safra 2016/2017, comparada à safra anterior. A estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) é de uma colheita de 215,3 milhões de toneladas de grãos; em 2015/2016 a produção foi de 186,7 milhões de toneladas.

Segundo o superintendente de Informações do Agronegócio da Conab, Aroldo de Oliveira Neto, o órgão faz um acompanhamento diário de toda a movimentação do clima e, até o momento, não há nenhuma anomalia que prejudique as previsões de produtividade.

“O momento agora é de se ter um cuidado muito grande porque temos culturas com necessidades diferentes. Para o arroz é preciso que diminua a chuva para ter luminosidade, para o milho é preciso que chova para que haja um desenvolvimento melhor da planta, e para a soja e o feijão é necessário que chova em algumas regiões para maior produtividade, mas que não chova em outras porque os produtores já estão colhendo”, explicou. Este é o quarto levantamento da safra 2016/2017 feito pela Conab.

Para o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller, além do otimismo pelas condições climáticas e do investimento em tecnologias, o aumento da produção se deve também à incorporação de áreas. “Nos últimos sete anos, incorporamos mais de 11 milhões de hectares ao sistema de produção de grãos. E vamos continuar avançando forte porque ainda temos muitas áreas de pastagens a serem incorporadas, temos novas fronteiras agrícolas”, disse.

Para a safra 2016/2017, a área total tem previsão de ampliação de 1,3%, ou 745,6 mil hectares, quando comparada à safra anterior, podendo chegar a 59,1 milhões de hectares.

Por Ag. Brasil


comente Comentários(0)

Participe


Sua opinião Agora

No dia 12 de janeiro, o prefeito Alexandre Lindenmeyer tornou pública a decisão do Executivo em não destinar verba para o Carnaval Oficial do Município. Após o anúncio, a Liga Independente das Escolas e Entidades do Samba do Rio Grande (Lieesa) decidiu não realizar o evento. O que você achou da decisão do Executivo de não destinar verba pública para o Carnaval?

resultado votar
Veja mais

Plantão



Comparte Jornal Agora - Todos os direitos reservados