Jornal Agora | Fraudadores de alimentos
 
fechar
fechar

Seu voto foi registrado. Agradecemos sua participação.

Seu voto já foi computado nas últimas 24 horas.

Resultado parcial

Atenção: o resultado desta enquete não tem valor de amostragem científica e se refere apenas a um grupo de
                 leitores do Agora Online.
Redes sociais
voltar

EDITORIAL

- 20-03-2017 - 18h21min
fechar
enviar Máximo 500 caracteres
* Ao enviar qualquer comentário, o usuário declara-se ciente e aceita integralmente o termo de uso
fechar

Comunicar erro

Se você encontrou alguma informação que esteja errada, utilize este espaço para reportar erros.

enviar Máximo 500 caracteres
fechar

Envie esta notícia para um amigo

» Adicionar mais um destinatário

enviar Máximo 500 caracteres

Fraudadores de alimentos

fechar

Galeria de vídeo

fechar

Galeria de áudios

Mais um crime contra a população brasileira foi cometido por alguns frigoríficos, que utilizavam carne deteriorada - que era maquiada - para comercialização e também para a fabricação de produtos embutidos.

A Polícia Federal através de investigação, tomando por base depoimento de fiscal sanitário e de escuta telefônica autorizada pela justiça, chegou aos fraudadores que, agora, terão de explicar os crimes que mais uma vez foram cometidos em nome do lucro fácil, embora o alimento possa trazer sérios riscos à saúde de quem teve a infelicidade de adquiri-lo.

Concordamos plenamente com o pensamento do presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul, Rodrigo Lorenzoni, que, durante o seminário realizado em Alegrete versando sobre segurança dos alimentos, disse que “é momento para mudar as atuais penas, que são brandas para quem trata esses produtos com irresponsabilidade”. Já, para o médico veterinário Paulo Casa Nova, chefe da Vigilância de Alimentos da Secretaria da Saúde de Porto Alegre, “atuar com firmeza na prevenção reduz a ocorrência de doenças e evita o adoecimento das pessoas pelo consumo de alimentos inadequados. Mais eficaz e diretamente relacionado ao trabalho dos médicos veterinários na inspeção de alimentos de origem animal”.

Realmente, as penas reduzidas, impostas aos fraudadores, levam mais gente a cometer esse tipo de crime que, no pensamento deles, vale a pena pelo lucro obtido. Assim, podemos lembrar do leite que foi o grande vilão, sendo colocado de forma adulterada no mercado, inclusive com produtos químicos. No entanto, até agora, ninguém sabe o que aconteceu com os criminosos que, deveriam ser banidos de uma vez por todas da indústria de alimentos, além de uma boa temporada no xadrez, a fim de aprender a respeitar o direito do consumidor e da saúde pública.


comente Comentários(4)

Participe


Sua opinião Agora

Você acha que os mandatos dos vereadores Batatinha e João da Barra devem ser cassados?

resultado votar
Veja mais

Plantão



Comparte Jornal Agora - Todos os direitos reservados