Jornal Agora | Resistência microbiana está prolongando doenças em ...
 
fechar
fechar

Seu voto foi registrado. Agradecemos sua participação.

Seu voto já foi computado nas últimas 24 horas.

Resultado parcial

Atenção: o resultado desta enquete não tem valor de amostragem científica e se refere apenas a um grupo de
                 leitores do Agora Online.
Redes sociais
voltar

SAÚDE

- 19-03-2017 - 18h06min
fechar
enviar Máximo 500 caracteres
* Ao enviar qualquer comentário, o usuário declara-se ciente e aceita integralmente o termo de uso
fechar

Comunicar erro

Se você encontrou alguma informação que esteja errada, utilize este espaço para reportar erros.

enviar Máximo 500 caracteres
fechar

Envie esta notícia para um amigo

» Adicionar mais um destinatário

enviar Máximo 500 caracteres

Resistência microbiana está prolongando doenças em todo o mundo, diz OMS

fechar

Galeria de vídeo

fechar

Galeria de áudios

fechar
Foto: ONU/Mark Garten

A diretora-geral da OMS, Margaret Chan, e a vice-secretária-geral da ONU, Amina Mohammed

Foto: ONU/Mark Garten

Resistência microbiana está prolongando doenças em todo o mundo, diz OMS

A diretora-geral da OMS, Margaret Chan, e a vice-secretária-geral da ONU, Amina Mohammed

Micróbios cada vez mais resistentes a medicamentos representam uma ameaça que pode impedir o mundo de alcançar os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU), que devem ser implementados por todos os países até 2030, alertou ontem (16), em Nova York, a vice-secretária-geral da organização, Amina Mohammed. As informações são da ONU News.

A diretora-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Magaret Chan, reforçou o alerta, afirmando que a resistência microbiana já está prolongando doenças em todo o mundo. Para Margaret, a declaração política feita na Assembleia Geral da ONU, em setembro do ano passado, sobre a coordenação da luta contra a resistência microbiana é um compromisso vital para ajudar a combater globalmente o problema.

Falando a jornalistas, a vice-secretária Amina Mohammed ressaltou a ameaça causada pela resistência antimicrobiana para a realização dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, especialmente o Objetivo 3: assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades.

Segundo Amina, a resistência microbiana 'erá efeitos profundos na habilidade de garantir água limpa, produção sustentável de alimentos e eliminação da pobreza, principalmente em países em desenvolvimento.

Coordenação

Na oportunidade, a vice-secretária anunciou a formação de um grupo de coordenação entre diversas agências da ONU sobre a questão da resistência microbiana, que irá copresidir, ao lado da diretora-geral da OMS, Margaret Chan.

Margaret informou que o grupo, nomeado pelo secretário-geral António Guterrres, começará o trabalho imediatamente. A iniciativa vai apoiar governos em todo o mundo e aconselhará sobre o "uso e abuso" de antibióticos por pessoas e gado.

Por Ag. Brasil


comente Comentários(0)

Participe


Sua opinião Agora

Você acha que os mandatos dos vereadores Batatinha e João da Barra devem ser cassados?

resultado votar
Veja mais

Plantão



Comparte Jornal Agora - Todos os direitos reservados