Jornal Agora | A moda, o cinema e as tendências do outono inverno ...
 
fechar
fechar

Seu voto foi registrado. Agradecemos sua participação.

Seu voto já foi computado nas últimas 24 horas.

Resultado parcial

Atenção: o resultado desta enquete não tem valor de amostragem científica e se refere apenas a um grupo de
                 leitores do Agora Online.
Redes sociais
voltar

COMPORTAMENTO

- 15-04-2017 - 15h06min
fechar
enviar Máximo 500 caracteres
* Ao enviar qualquer comentário, o usuário declara-se ciente e aceita integralmente o termo de uso
fechar

Comunicar erro

Se você encontrou alguma informação que esteja errada, utilize este espaço para reportar erros.

enviar Máximo 500 caracteres
fechar

Envie esta notícia para um amigo

» Adicionar mais um destinatário

enviar Máximo 500 caracteres

A moda, o cinema e as tendências do outono inverno 2017

Loja Factory Girl: algumas das influências que vão agitar as ruas, vitrines e as cabeças das mulheres rio-grandinas
fechar

Galeria de vídeo

fechar

Galeria de áudios

fechar

Galeria de fotos

Foto: Divulgação

Shapes oversized, o contraste de texturas e o xadrez continuam inspirando as coleções

  • Shapes oversized, o contraste de texturas e o xadrez continuam inspirando as coleções Paleta de verdes, azuis escuros e cáquis Roupas trazem referência ao universo rocker de forma sofisticada

Foto: Divulgação

A moda, o cinema e as tendências do outono inverno 2017

Shapes oversized, o contraste de texturas e o xadrez continuam inspirando as coleções

Entre tantas motivações que impulsionam o mundo da moda e as grandes grifes - ícones mundiais -, está o cinema, que muito tem a agregar neste universo tão amplo que abrange cultura, life style e tendências, ora passageiras, ora permanentes.

Com base nessa ideia, a Factory Girl - loja localizada no Partage Shopping Rio Grande - foi criada e pensada a partir de um filme que conta a biografia de uma modelo-atriz-artista eternizada pelas lentes undergrounds do artista Andy Wahrol. Desse modo, a loja traz para o jornal Agora algumas das influências que vão agitar as ruas, vitrines e as cabeças das mulheres que, em Rio Grande, gostam e vivem a moda no seu sentido mais amplo, que extrapola a moda além do estético.

Não é a toa que filmes como o "Diabo Veste Prada" e "Bonequinha de Luxo" ditaram a moda através da sétima arte. Por isso, aqui hoje dedicaremos referências que façam link com o que está em alta nessa estação.

#Grunge

Os shapes oversized, o contraste de texturas e o xadrez continuam inspirando as coleções, que bebem do revival dos anos 90. Vemos essa tendência latente, por exemplo, nos looks inspirados na coleção da Rosa Chá Out./Inverno 2017.

#Heavy Metal

Com ilhoses, rebites e mais apliques de metal, as roupas trazem referência ao universo rocker de forma sofisticada. 

#Militar

Os uniformes militares se traduzem em casacas com abotoamento duplo e em uma paleta de verdes, azuis escuros e cáquis.

#O Étnico

Culturas fora do mundo ocidental/capitalista impressionaram as artes ocidentais a partir do século 19 e, de quebra, a moda, principalmente, a partir do começo do seculo 20. Paul Poiret mudou a silhueta feminina e transformou as cores pasteis em vibrantes quando trouxe o abusivo orientalismo para a contida moda europeia. E até Chanel sucumbiu ao charme dos Ballets Russes, criando roupas inspiradas na longínqua vestimenta tradicional russa.


comente Comentários(1)

Participe


Sua opinião Agora

Você acha que os mandatos dos vereadores Batatinha e João da Barra devem ser cassados?

resultado votar
Veja mais

Plantão



Comparte Jornal Agora - Todos os direitos reservados