Jornal Agora | Neymar diz que admira Campeonato Inglês e que gost ...
 
fechar
fechar

Seu voto foi registrado. Agradecemos sua participação.

Seu voto já foi computado nas últimas 24 horas.

Resultado parcial

Atenção: o resultado desta enquete não tem valor de amostragem científica e se refere apenas a um grupo de
                 leitores do Agora Online.
Redes sociais
voltar

POSSIBILIDADES

- 20-03-2017 - 18h11min
fechar
enviar Máximo 500 caracteres
* Ao enviar qualquer comentário, o usuário declara-se ciente e aceita integralmente o termo de uso
fechar

Comunicar erro

Se você encontrou alguma informação que esteja errada, utilize este espaço para reportar erros.

enviar Máximo 500 caracteres
fechar

Envie esta notícia para um amigo

» Adicionar mais um destinatário

enviar Máximo 500 caracteres

Neymar diz que admira Campeonato Inglês e que gostaria de jogá-lo no futuro

fechar

Galeria de vídeo

fechar

Galeria de áudios

Neymar está feliz no Barcelona, mas não descarta a possibilidade de um dia se transferir para a Inglaterra para jogar a Premier League, torneio do qual se diz fã.

"Eu gosto do estilo de jogo e dos times. E quem sabe, algum dia, eu gostaria de jogar lá sim", afirmou o jogador em entrevista ao jornal "The Sun" durante evento de pôquer.

"Na Premier League você nunca sabe quem vai ganhar ou ser o campeão. É sempre uma surpresa", analisou.

O brasileiro revelou também quais são as suas equipes favoritas no Campeonato Inglês e deixou fora da relação o Manchester City.

"Eu admiro Manchester United, Chelsea, Arsenal e Liverpool. Estes são os times que estão sempre brigando", afirmou.

"E você tem técnicos de alto nível como Mourinho e Guardiola. Estes são os treinadores com os quais qualquer jogador gostaria de trabalhar", disse Neymar, que não teve a oportunidade de trabalhar com o espanhol no Barcelona.

O atacante comentou também a classificação histórica do Barcelona às quartas de final da Liga dos Campeões após a vitória por 6 a 1 sobre o Paris Saint-Germain.

"Ainda hoje a gente segue pensando no que aconteceu, porque foi uma noite histórica, maravilhosa. Nós precisávamos um milagre e o Deus do futebol nos deu este milagre", afirmou.

"Festejamos muito no vestiário e o nível de empolgação estava alto. Depois, comemorei com minha família e amigos. Após um jogo como aquele, devemos comemorar, não há outro jeito. Eu não poderia ir para casa e dormir", finalizou.

Por UOL/Folhapress


comente Comentários(0)

Participe


Sua opinião Agora

Você acha que os mandatos dos vereadores Batatinha e João da Barra devem ser cassados?

resultado votar
Veja mais

Plantão



Comparte Jornal Agora - Todos os direitos reservados